Fúria de Titãs – Comparação Trezor One vs Trezor Model T

Agora que você já sabe que precisa de uma carteira de hardware e provavelmente sabe qual é a melhor, mas a melhor também é a melhor para você? Neste artigo, analisaremos os dois modelos de hardware wallets da Trezor, Trezor One e Trezor Model T, e ajudaremos você a decidir qual (ou ambos) você deve escolher.

Ambos os dispositivos Trezor são executados em código aberto, dando aos usuários a opção de verificar e personalizar o firmware. As possibilidades de personalização são vastas, permitindo que usuários avançados personalizem seu dispositivo Trezor para atender as necessidades de qualquer pessoa. Com a Trezor, você pode até mesmo executar sua própria carteira de nó completo, totalmente independente do SatoshiLabs.
Projetamos os dois dispositivos com um objetivo claro: criar um dispositivo que permita que todos os indivíduos do mundo acessem e armazenem sua riqueza digital de maneira autônoma e segura, independentemente de sua região, cidadania ou nível de conhecimento técnico.

Vamos começar do começo – Trezor One.

Trezor One é a primeira carteira de hardware do mundo, criada em 2011 pela equipe SatoshiLabs. Projetado para servir como uma carteira de bitcoin simples e fácil de usar, rapidamente encontrou seu público e continua sendo uma das carteiras de hardware mais populares até hoje.

Com o seu design minimalista, a Trezor One assemelha-se a um chaveiro, simplificando a ocultação ou o transporte. Trezor One possui apenas 60x30x6mm de tamanho e pesa apenas 12 gramas.

A revolução das carteiras de hardware – Trezor Model T

O Trezor Model T é a carteira de hardware da próxima geração, lançada em 2018, a Trezor model T foi projetada para incluir a experiência do seu antecessor, a Trezor One. O carro-chefe da SatoshiLabs é uma combinação perfeita de uma interface moderna e intuitiva com um poderoso hardware. À primeira vista, você notará muitas mudanças de design. A única coisa que o design do Model T tem em comum com seu irmão mais velho, Trezor One, é a forma da assinatura. Tudo o resto é diferente.

O modelo T carrega um grande display LCD RGB de 240×240 pixels com touchscreen. Esta é a principal razão por trás do ligeiro aumento do tamanho e do peso do Modelo T. No entanto, o tamanho de 64x39x10mm e o peso de 22 gramas não mudam o fato de que você ainda pode esconder seu próprio banco basicamente em qualquer lugar.

                                                                                                                               Trezor One e Trezor Model T

Hardware

Trezor One

Do lado de fora, o One é protegido por um invólucro feito de plástico ABS robusto e resistente a impactos que protege contra pequenos danos físicos. Dentro de Trezor One, você encontrará o   processador ARM Cortex-M3 rodando a 120 MHz incorporados em um microcontrolador STM32 F2. Essa combinação de hardware popular, usada por muitos outros fabricantes, fornece acesso suave e seguro as suas moedas.

Trezor Modelo T

O emblemático hardware da Trezor T está escondido dentro de uma caixa durável feita de plástico ABS + PC reforçado, fechado por soldagem ultrassônica.

Dentro da caixa da Trezor Modelo T, você encontrará o processador ARM Cortex-M4 rodando a 168 MHz incorporado no microcontrolador STM32 F4. Além disso, o modelo T vem com um slot para cartão SD e porta Micro USB-C.

Ambos os dispositivos são sem bateria, alimentados através do cabo USB conectado em seu dispositvo.

Funcionalidade

Tudo o que você precisa para usar as hardware wallets da Trezor é um computador com Windows 7 ou superior, Linux ou MacOS 10.11 ou superior e um cabo USB incluído na embalagem de ambos os dispositivos. Você também pode configurar e usar sua Trezor em movimento, graças a sua compatibilidade com smartphones Android. Ambos os dispositivos são controlados através da interface web da Carteira Trezor, compatível com quase todos os navegadores.

A configuração é direta e intuitiva em ambos os dispositivos, mas a Trezor Modelo T é geralmente considerado mais natural de usar graças à tela sensível ao toque.

Configuração do Trezor One com interface da Carteira Trezor

Além dos recursos básicos de qualquer hardware wallet, como enviar ou receber, ambos os dispositivos Trezor vêm com vários recursos exclusivos. Um dos recursos mais populares, o Gerenciador de Senhas, permite acessar com segurança as credenciais de login para seus aplicativos ou serviços na web favoritos. Ambos também podem ser usados ​​como um token de autenticação U2F, que permite login fácil e seguro no Twitter, Google, Github e muitos outros serviços. Acrescente a ele contêm o recurso: Assinar e verificar para enviar e receber mensagens assinadas e criptografadas, os recursos de Exchange e do Google Buy, permitindo a simples compra e troca de criptomoedas diferentes e você tem uma conta bancária particular que cabe na palma da sua mão. Independente, privado e seguro, para permitir acesso ilimitado à sua riqueza digital.

Trezor One

O display OLED de 128×64 pixels embutido, usado por muitos outros fabricantes com base no exemplo do Trezor One, aumenta a segurança e a funcionalidade do dispositivo. Este Trusted Display permite que o usuário verifique a autenticidade das informações exibidas e descarta possíveis tentativas mal-intencionadas de manipular as informações exibidas em seu computador ou smartphone.

Trezor Modelo T

Do ponto de vista da funcionalidade, o Modelo T oferece tudo o que você pode encontrar na Trezor One e um pouco mais no topo. A principal vantagem do Modelo T é sua tela sensível ao toque, que elimina completamente a necessidade dos dois botões vistos no Trezor One. Assim como no One, cada ação deve ser confirmada pelo usuário diretamente na tela, mas o Modelo T permite que você execute todo o processo de recuperação diretamente através da tela sensível ao toque. Isso proporciona ao usuário segurança ainda maior do que o Trezor One, porque nenhuma informação sensível será inserida no computador. Se você gostaria de aprender tudo o que nossos Trusted Displays podem fazer, confira este artigo.

O Modelo T também suporta mais moedas do que o Trezor One, exatamente 1080 no momento do lançamento deste artigo, e fornece recursos adicionais como o Shamir Backup e um slot para cartão SD.

Clique aqui para ver uma lista completa de moedas suportadas.

Preço

Trezor One vem com um elegante fosco preto e seu preço é de R$ 499,00 para pagamento em criptomoedas no momento em que escrevo este artigo

Trezor Modelo T vem em uma variante elegante de preto fosco, e seu preço é de R$ 829,00 reais para pagamento em criptomoedas no momento em que escrevo este artigo.

Nós também oferecemos o  Kit Trezor T + One.  Este pacote vem com nosso carro-chefe modelo T e a Trezor One como backup.

Conclusão

É impossível definir claramente qual dispositivo é melhor, porque todos nós temos diferentes expectativas e necessidades; mas se você comprar Trezor One ou Trezor Model T, você não ficará desapontado. Ambos os dispositivos oferecem uma interface de usuário excelente e simples de navegar, uma configuração rápida e com os mais altos padrões de segurança, garantindo que ninguém, exceto você, possa acessar sua riqueza digital.

O modelo top de linha Modelo T é um dispositivo de gestão de patrimônio digital completo, concebido para utilização diária e acesso descomplicado as suas moedas ou dados digitais.

O Trezor One é uma carteira de hardware ideal para usuários com um orçamento menor, iniciantes que querem apenas experimentar, ou aqueles que já têm um Modelo T e estão pensando em comprar um dispositivo de backup.

Seja você um hacker, profissional ou iniciante absoluto no mundo do Bitcoin, as carteiras de hardware da Trezor são a melhor solução para suas necessidades, protegendo você de todas as ameaças remotas.

fonteblog.trezor.io

PRODUTOS EM DESTAQUE!

Lançamento
Novidade
Fora de estoque
R$0,00
Fora de estoque
Fora de estoque
R$0,00
R$0,00
Fora de estoque
R$339,00
Fora de estoque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.