fbpx

Onde minhas moedas ficam armazenadas?

Adquira um dispositivo Trezor e vendam suas moedas! Mantenha suas moedas fora das Exchanges! Garanta suas moedas com uma hardware wallet! Você já ouviu o discurso antes; agora você já sabe que o lugar mais seguro para suas moedas está aconchegado com segurança dentro de uma hardware wallet, certo?

Errado

Suas moedas não estão na sua hardware wallet. Mas não entre em pânico! Quando você terminar de ler este artigo, terá uma melhor compreensão de onde estão suas moedas, para o que realmente precisa de uma hardware wallet e o que queremos dizer quando dizemos “moedas”.

Cara, onde estão minhas moedas?

Na blockchain, fim! Brincadeiras a parte, jamais confunda a carteira Blockchain com a Blockchain do Bitcoin, essa confusão poderá lhe causar a perda de todos os seus Bitcoins. NÃO USE A CARTEIRA BLOCKCHAIN.

Para encontrar suas moedas, vamos seguir nossas etapas desde o início, começando com sua hardware wallet.

O que realmente está armazenado na sua hardwallet? Chaves privadas. Pense nessa chave privada como uma chave que abre uma porta para suas moedas. Sua chave privada nunca deve deixar a segurança do seu dispositivo – explicaremos por que isso é tão importante em um momento.

Sua chave privada será usada para criar uma chave pública , que é o endereço da sua carteira. Esse endereço é onde suas moedas são enviados e recebidos. Todos podem verificar se esse endereço pertence a você (sem conhecer sua identidade, não se preocupe) porque você possui a chave privada que corresponde à chave pública. Isto virá a calhar em um minuto.

Então, minhas moedas estão nesse endereço?

Bem não. Todas as informações sobre quantas moedas pertencem ao seu endereço (também conhecido como chave pública) – e a todos os outros endereços existentes – são armazenadas como informações de transação na blockchain (ou cadeia de blocos como preferir chamar). Pense na blockchain como um livro de registro público de todas as transações que já aconteceram. Existem blockchains diferentes para moedas diferentes, então a blockchain Ethereum tem informações sobre todas as transações da Ethereum e a blockchain Bitcoin (rede bitcoin) tem todas as informações sobre transações Bitcoin. Então cada moeda tem sua própria rede ou blockchain.

Toda vez que bitcoins são comprados, vendidos ou trocados (ou seja, toda vez que uma transação é criada), informações sobre o endereço de envio e o endereço de recebimento são atualizadas na blockchain. O endereço de envio é registrado como tendo menos bitcoins (ou sats) e o endereço de recebimento é registrado como tendo mais bitcoins (ou sats).

Mas eu poderia facilmente dizer que tenho mais moedas do que eu realmente tenho?

Isso é um pouco estranho, mas já que você perguntou! É uma pergunta importante: como você sabe que alguém realmente tem o número de moedas que diz ter?

Lembra como dissemos que a blockchain armazena todas as informações da transação? A blockchain é verificado por uma rede de computadores conectados a outros dispositivos, que chamamos de nós (ou nodes). Você pode pensar em cada nó como uma pessoa segurando uma cópia exatas do livro de registros que contém um registro de todas as transações já feitas na blockchain.

Exemplo: quando Boomer decide que quer vender algumas de suas moedas, digamos cinco, ele encontra alguém que quer comprar cinco moedas. Karen decide que quer comprar cinco moedas do Boomer – mas espere! Talvez seja uma farsa? O Boomer realmente tem cinco moedas?

Antes que a transação entre Boomer e Karen possa ser processada, ela deve ser aprovada. Portanto, aquelas pessoas que possuem livros de registro (nós) vão para a página 587.317 e encontram um registro de uma transação no passado, quando o Boomer comprou cinco moedas. Quem olhar para essa página pode dizer “Sim! Isso é legítimo, o endereço/chave pública do Boomer realmente tem cinco moedas.”

Um número suficiente de pessoas (nós) precisa examinar sua cópia exata do livro de registros e aprovar a transação como legítima para que seja oficial e irreversível.

Karen então pega (recebe) cinco moedas em seu endereço e todas essas pessoas (nós) escrevem uma atualização na última página do livro de registros, para que da próxima vez, se Boomer tentar dizer “Ei, eu ainda tenho essas cinco moedas em meu endereço, quem quiser comprá-los? ”ou se Karen tentar dizer“ Ah, na verdade, tenho seis moedas no meu endereço!”, uma rede de pessoas (nós) coletivamente desaprovadora fechará seus livros de registros e gritará“ FALSO!” E a tentativa fraudulenta transação será negada.

E é isso que é uma blockchain. Uma enorme coleção de informações ou dados que é 100% verificável correta, porque a maioria diz que é. (Veremos mais de perto o que realmente está acontecendo nos bastidores de uma transação em outro artigo.)

Agora, finalmente, podemos responder à pergunta “Onde estão minhas moedas agora?”

Não tem colher

Vamos comparar com algo com o qual estamos um pouco mais familiarizados: sua conta bancária. Quando você verifica o saldo da sua conta bancária, você vê um número lá, mas não há uma pilha de dinheiro com o seu nome armazenada em um cofre bancário privado em algum lugar, com um duende furioso entrando e saindo para adicionar ou remover dinheiro toda vez que você gaste ou ganhe mais.

Sua economia de vida é apenas um número em uma tela, uma coleção de transações que diz “Aqui eu depositei US $ 300” ou “Aqui eu gastei US $ 27,45”. E é exatamente isso que está na blockchain: nenhuma moeda física (ou digital) real, mas um registro de transações para provar o saldo do seu endereço, que é na verdade sua chave pública, gerada a partir da sua chave privada, que é armazenada em seu dispositivo Trezor (esperamos).

Espere, o que foi aquilo sobre a chave privada novamente?

É fácil resumir rapidamente por que a chave privada é tão importante, mas é mais difícil realmente entender o quão importante é armazenar com segurança, segurança e som, essa chave privada.

Para resumir: sua chave privada prova que seu endereço – também conhecido como chave pública e as moedas armazenadas – realmente pertence a você. Você usa a chave privada para provar que é o proprietário das suas moedas armazenadas (registradas) naquele endereço sempre que enviar ou trocar moedas de um endereço. Ninguém mais pode dizer que seu endereço pertence a eles, porque eles não têm a chave privada para provar isso.

Você sabe como sempre dizemos “Not your keys, not your coins”?  Você precisa proteger essa chave privada porque, se alguém colocar as mãos nela, poderá usá-la para dizer que é o seu endereço, o que significa que é o proprietário de suas moedas.

Quando dizemos “Mantenha suas moedas fora das Exchanges! Garanta suas moedas em uma hardware wallet! ”O que realmente queremos dizer é“ Mantenha suas chaves privadas fora das Exchanges! Proteja suas chaves privadas com uma hardware wallet! ”Nenhuma chave privada significa que não há moedas.

Escrito por: blog.trezor.io

Este artigo De volta ao básico o ajudou a entender onde suas moedas estão armazenadas e por que você precisa de uma maneira segura para armazenar suas chaves privadas? Diga-nos no Twitter o que você pensa ou se tiver mais perguntas, devemos responder nesta série, usando #BacktoBasicswithTrezor.

VOCÊ AINDA GUARDA AS SUAS SEEDS EM PAPEL?

Um pedaço de papel tem um tempo de vida curto e está propício as intempéries da natureza. Além disso, já pensou se um desavisado da sua família – que não sabe do que se trata – vê um pedaço de papel repleto de palavras sem sentido e joga no lixo? Afinal, para quem não vive no mundo das criptomoedas, não faz sentido algum encontrar um pedaço de papel com palavras aleatórias anotadas.

Compre já sua KriptoSteel com preço especial de Lançamento, clicando aqui.

-40%
Lançamento
R$1.499,00 R$899,00
-36%
Pré Venda
R$699,00 R$449,00
-36%
Novidade
R$699,00 R$449,00
-23%
Fora de estoque
R$49,90R$64,90
-39%
Lançamento
-39%
R$359,00 R$219,00
-50%