fbpx

Tesla e outras instituições são uma faca de dois gumes para Bitcoin

As celebrações sobre a compra de Bitcoin por grandes empresas estão a todo vapor. É algo que muitos de nós esperamos há muito tempo e quase esquecemos a euforia causada pelas notícias um pouco mais antigas de que esta ou aquela empresa começou a aceitar Bitcoin como forma de pagamento. Você se lembra do momento em que empresas como OkCupid, Overstock, Zynga ou Microsoft anunciaram pagamentos em criptomoedas? Doces lembranças.

Agora demos um grande salto adiante: o Bitcoin não é apenas aceito pelas gigantes, mas também comprado por eles diretamente. Isso por si só cria uma grande demanda adicional, mas também induz uma incrível onda de bom humor, que empurra o preço pra cima. Quando a Tesla anunciou que comprou bitcoins por US $ 1,5 bilhão, o preço do Bitcoin subiu 10% quase imediatamente. Claro, $ 1,5 bilhão é muito dinheiro, mas o Bitcoin estaria bem sem ele.

É um sinal da grande mudança que está ocorrendo em todo o ecossistema Bitcoin. E é uma mudança para melhor, sem dúvida. Infelizmente, há um outro lado, que pode representar um risco significativo.

Se pudermos sobreviver, o Bitcoin terá um caminho claro para a Lua, Marte e além.

As instituições não fazem o eterno hold

Vamos tentar suprimir o entusiasmo por um momento – sim, foi um evento marcante – e olhar para o risco quase não mencionado que essas compras institucionais representam. Às vezes esquecemos, mas eles também podem vender facilmente, e podem vender furiosamente.

Lembre-se de quando grandes empresas como a Steam começaram a aceitar bitcoins e, posteriormente, decidiram desativá-los, com muitas citando taxas altas como o motivo. A compra institucional pode estar empurrando o Bitcoin para novas máximas, mas chegará um momento em que eles vão vender?

Até agora, parece que a primeira onda de convertidos, como Elon Musk da Tesla ou Michael Saylor da Microstrategy são fãs do Bitcoin em um nível fundamental e vão manter a boa e velha estratégia HODL , mesmo se o preço cair a partir daqui.

Mas as instituições não são como seu amigo hodler tradicionalista que, principalmente por hábito, opta por não vender e é um mestre completo com sua carteira de hardware. Quem possui as chaves privadas dos bitcoins da Tesla? Eles estão seguros em uma Trezor ou gerenciados por vários proprietários de chaves e quem é o responsável por vendê-los quando o mercado parece prestes a cair?

How to Hodl: um guia para economizar em bitcoins

Tudo o que você precisa saber para começar a comprar Bitcoin agora como um investimento seguro de longo prazo. Por que Trezor é o melhor hardware…

É provável que Musk e Saylor tenham estabelecido uma estratégia em suas empresas, imposta por vários departamentos de gerenciamento financeiro e de risco, que podem ter a última palavra sobre a venda ou não. Mesmo que os patrões ideologicamente não queiram fazer isso, as corporações monolíticas podem ter uma mente própria – como muitos de nós sabemos em empresas ainda menores.

Capital imitador

Mesmo se não for Tesla ou MicroStrategy vendendo, pelo menos não em um futuro próximo, há um momento em que muito dinheiro pode balançar o barco. Empresas com reservas em bitcoin se tornarão mais comuns, mas suas motivações podem não ser tão puras.

É uma faca de dois gumes.

Por um lado, em um mercado em crescimento, queremos aproveitar cada respingo de um bilhão de dólares e a subsequente ondulação da atenção da mídia à medida que as empresas começam a comprar bitcoin e empurrar o preço ainda mais alto.

Mas se a tendência se inverter, o que acontece com o Bitcoin de vez em quando, pode fazer com que o preço caia muito mais baixo do que as pequenas correções às quais estamos nos acostumando. Se isso acontecesse, as empresas demorariam muito para comprar novamente.

Existem, portanto, duas variantes da influência futura dos investidores institucionais sobre o preço do bitcoin. Em ambos os casos, são boas notícias e não devemos esquecer isso. As instituições darão credibilidade ao Bitcoin para pessoas que não o entendiam antes.

Para cima ou para baixo?

Ouvir que as empresas estão investindo em Bitcoin torna as pessoas mais interessadas no que é Bitcoin. Eles não querem perder quando grandes empresas de sucesso estão entrando no movimento, o que é ótimo para quem gosta de ver os preços subirem.

O que acontece em uma Bullrun: quatro histórias diferentes de altas do bitcoin

por Dominik Stroukal – À medida que o Bitcoin provoca novos recordes históricos, vamos olhar para trás em quatro picos definidores na história de preços voláteis do Bitcoin…

Os dois resultados são realmente tão simples que pode parecer desnecessário explicar. Mas talvez, em algum momento de toda a euforia, tenhamos esquecido o primeiro. Se o preço começar a cair drasticamente, os bitcoins das instituições podem inundar o mercado e sobrecarregar as carteiras de pedidos e enviar o preço extremamente alto. Tivemos três quedas de 80% e é possível que a próxima seja ainda pior se instituições gigantes se juntarem aos vendedores e entrarem em pânico.

Em vez disso, esperemos que, assim que a tendência se inverter, esses pioneiros das fileiras das grandes empresas se alegrem e comprem com mais desconto. Esse é o segundo cenário e, de fato, o que está acontecendo até agora. Se eles se juntarem a nós na busca por futuros mercados de baixa e suprimir quaisquer correções gigantes, de modo que vejamos uma queda muito menor, isso aumentaria ainda mais a credibilidade do Bitcoin.

Ver as empresas comprando Bitcoin já o catapultou de volta aos ciclos de notícias e às altas de todos os tempos. O próximo grande passo serão as apostas no Bitcoin, de fato, estabilizando seu preço notoriamente volátil.

Então se torna extremamente interessante.

Fonte: blog.trezor.io

-39%
Lançamento

Hardware Wallets

Trezor T – Em estoque

R$1.399,00
-28%
Novidade
R$649,00
-33%
R$599,00
-33%
Novidade
R$599,00
-33%
R$1.349,00
-100%
Grátis
R$0,00
-50%
Lançamento
-33%
R$199,00
-41%
Lançamento