Tudo Sobre Endereço de Troco ou Oculto

Vocabulário:

Input(s): Um input (ou entrada) é a origem dos bitcoins que estão sendo enviadas em uma transação, no caso se as moedas são enviadas do seu endereço, esse endereço é o input.

Output(s): Um output (ou saída) é o destino das moedas que estão sendo enviadas para o endereço do destinatário, nesse caso, o endereço que está sendo enviado o pagamento é o output.

Nas Criptomoedas, um endereço de troco (ou output de alteração) é um output (saída) pertencente ao remetente que é (geralmente de forma automática) adicionada por uma carteira à transação para receber o Troco.

Quando uma input (entrada) para uma transação não consome inteiramente o output que está gastando, a diferença é conhecida como mudança ou endereço de troco. O troco é enviado de volta para um novo endereço gerado automaticamente, controlado pelo remetente. Esse endereço recém-gerado é chamado de endereço de troco.

A Trezor Wallet gera automaticamente um novo endereço de troco sempre que uma saída não é totalmente consumida em uma transação. O processo ocorre em segundo plano e nenhuma ação do usuário é necessária. A Trezor Wallet não mostra os endereços alterados gerados pela conta.

É possível ver quais Endereços de Troco foram gerados pela conta usando a carteira Electrum com a sua Trezor.

Veja nessa ilustração como basicamente funciona uma transação em Bitcoin:

Na maioria das transações envolvendo Bitcoin, sempre que o valor a ser enviado é menor do que o saldo do seu endereço (inputs) a diferença é devolvida a um novo endereço gerado automaticamente pela Carteira, esse é o Troco.

 

Na Trezor, Endereços de troco é administrada pela sua mesma carteira e frase de recuperação, não aparece no painel porque por padrão, é um procedimento que a maioria das carteiras optam por não mostram os endereços de troco para não confundir os usuários, por isso é conhecido como endereços ocultos, mas de qualquer forma ainda fazem parte da sua carteira tanto quanto outros endereços, repare que em toda transação que você faz o saldo restante retorna pra um endereço diferente, mas que faz parte sim da sua carteira porque é um endereço de troco, isso é um recurso do próprio Bitcoin para proteger a privacidade e segurança dos usuários.

Veja outro exemplo: 

Seção geral

O conceito de troco no Bitcoin é semelhante ao troco comum que você recebe ao pagar por algo em dinheiro. Quando um cliente paga um produto por R$ 15 em itens usando uma nota de  R$ 20, ele recebe R$ 5 de volta. O mesmo acontece no protocolo Bitcoin, a diferença é que no Bitcoin, é possível voltar para o endereço de troco valores personalizados (saídas ou outputs) de qualquer valor, isso não acontece com o dinheiro impresso, por exemplo.

Quando um usuário deseja gastar 0,75 BTC de um output de 1 BTC, toda a saída 1 BTC é consumida como input para a transação e dividida em dois novos outputs: 0,75 BTC para o receptor e 0,25 BTC para o endereço de troco do remetente. O troco é efetivamente enviada de volta para a carteira do remetente na mesma transação.

Publicado diretamente em: https://wiki.trezor.io/Change_address

Quer saber mais sobre a Trezor? Veja o nosso guia: https://www.kriptobr.com/guia-definitivo-ledger-nano-s-nano-x-trezor-one-e-trezor-t-qual-a-melhor/

PRODUTOS EM DESTAQUE!

Lançamento

Hardware Wallets

Trezor T – Pronta Entrega

R$799,00
Fora de estoque
R$339,00
Lançamento
R$824,00
Novidade
R$459,00

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.